Qual o material necessário para trabalhar com micropigmentação

Pensando em trabalhar com micropigmentação para aumentar a renda?

Então é muito importante saber quais são os principais materiais que você vai precisar. Para conhecer melhor sobre esse assunto, continue lendo e veja qual é o material necessário para atuar nessa área de forma prática e eficiente.

Mas antes é importante que você entenda o que é a micropigmentação e quais os requisitos necessários para trabalhar nesse ramo.

Preparado para obter todas as informações necessárias para trabalhar com micropigmentação e assim garantir um futuro de sucesso nessa área?

Então vamos lá!

Requisitos para atuar na área

Para ser um micropigmentador, é preciso ter uma boa experiência com prática e embasamento teórico.

É preciso compreender a ciência das cores e como os pigmentos atuam nos diferentes tons e tipos de pele. O profissional que deseja trabalhar com micropigmentação também deve conhecer a fisiologia da pele humana e ter boas noções de simetria, medidas e procedimentos de biossegurança.

O mercado de micropigmentação está crescendo cada vez mais, e por causa disso é fundamental que o profissional busque fazer cursos e pesquisar as últimas notícias, para assim ficar sempre atento para novas descobertas e atualizado para as tendências.

Para ajudar nesse sentido, é possível participar de eventos e feiras como a Jornada de Micropigmentação e Congresso Científico de Dermopigmentação, ambas acontecem no Brasil e envolvem muitos profissionais da área, sendo uma ótima maneira de fazer contatos e trocar experiência.

Dermógrafo

O principal instrumento da micropigmentação é o dermógrafo, aparelho parecido com o usado para fazer tatuagem. Basicamente, é uma caneta que aplica pigmentos na segunda camada da pele (epiderme), através de agulhas de 1 a 5 pontas. Este instrumento precisa de fonte elétrica, então é preciso ter experiência para saber manuseá-lo sem causar qualquer falha na sobrancelha da cliente.

Agulhas

Existem diferentes tipos de agulhas para se fazer a micropigmentação, como:

  • 1 Ponta: recomendada para realizar micropigmentação fio a fio em sobrancelhas, e para trabalhos de micropintura.
  • 2 Pontas: recomendada para traços menos delicados, seja em pequenos preenchimentos ou fio a fio. Esta agulha está intermediária entre 1 a 3 pontas.
  • 3 Pontas (circular): indicada para a micropigmentação esfumada em sobrancelhas e outras formas de preenchimentos.
  • 5 Pontas (circular): ideal para preenchimento labial, contorno e delineadores.
  • 5 Pontas (linear): recomendada para fazer grandes preenchimentos, por exemplo: cobertura de cicatrizes, manchas e trabalhos paramédicos.

É muito importante usar apenas agulhas descartáveis, de forma que será de uso exclusivo para o cliente. 

Pigmentos

É fundamental investir em pigmentos de qualidade e em diferentes tons, para evitar riscos e proporcionar o efeito mais natural possível para os clientes.

Equipamento de proteção

É de suma importância que o o profissional de micropigmentação utilize os EPI (Equipamentos de Proteção Individual), para evitar qualquer risco de transmissão de doenças. Os EPIs principais são máscara, touca, babador, lençol e luvas de látex. Todos esses itens devem ser descartados depois de cada atendimento, no lixo específico – como o lixo de resíduos hospitalares.

Agora que você já sabe quais são os materiais necessários para trabalhar com micropigmentação, basta começar agora mesmo!