Dicas para quem quer trabalhar como micropigmentador

A técnica de micropigmentação é um mercado que está crescendo cada vez mais, atraindo clientes de diferentes classes sociais, estilos e idades. Por isso, se está interessado em trabalhar como micropigmentador, nesse post você vai conhecer as melhores dicas para iniciar neste ramo com o pé direito.

Isso mesmo! Nesse artigo preparamos algumas dicas importantes para que você consiga trabalhar com esta técnica e assim promover cada vez mais o seu trabalho. Confira a seguir!

Melhores dicas para quem deseja trabalhar como micropigmentador 

  • Invista em bons cursos

Para trabalhar como micropigmentador, é preciso se especializar e fazer alguns treinamentos.

Mesmo que você já atue com design de sobrancelhas há anos, é preciso investir em cursos focados apenas em micropigmentação e técnicas voltadas para a maquiagem definitiva, para que dessa forma você possa se certificar de que fará um bom trabalho.

Geralmente, os cursos nessa área são acessíveis e rápidos, chegando a durar cerca de 4 dias, com aulas teóricas e treinamento prático.

  • Procure sempre manter o efeito natural das sobrancelhas

As sobrancelhas são a moldura do olhar, e dessa forma, é preciso trabalhar bem para garantir um efeito natural que irá harmonizar com o rosto da pessoa.

Por isso, uma das dicas para quem deseja trabalhar como micropigmentador é buscar sempre fazer desenhos que seguem o traço natural das sobrancelhas, seguindo até mesmo a direção do crescimento dos pêlos, para que os fios pigmentados pareçam ser realmente da pessoa.

Evite pigmentações muito escuras, e cuidado ao fazer sobrancelhas grossas, para que a aparência não fique carregada.

  • Não aplique a técnica em qualquer pessoa

Apesar de ser um procedimento estético seguro e simples, existem algumas contra-indicações que impedem algumas pessoas de utilizar essa técnica para ficar com as sobrancelhas perfeitas.

Sendo assim, o mais indicado é que você faça uma ficha de anamnese para ter os dados dos seus clientes, onde todas as informações ditas o cliente se compromete a dizer a verdade e não omitir nenhuma informação ao profissional. se tem alguma doença ou toma alguma medicação não aplique essa técnica em pessoas que apresentam doenças infectocontagiosas, hemofilia, AIDS, epiléticos, pessoas com glaucoma ou trombose, alérgicos a pigmentos, diabéticos de grau elevado, gestantes e lactantes (Autorização médica), ou quem tem problemas com queloides.

Também é muito importante ressaltar que esse procedimento não é permitido para menores de idade, somente  com a autorização do pai e da mãe.

  • Forneça as instruções necessárias antes de realizar o procedimento

Essa técnica pode provocar certo incomodo e desconforto por fazer pequenos furos na pele. Mesmo tendo um grau baixo de dor, se você quer realmente trabalhar como micropigmentador, então é preciso informar aos seus clientes sobre todos os detalhes importantes e necessários deste procedimento.

Logo no primeiro contato com a cliente, informe sobre como o procedimento é realizado, quais instrumentos serão usados, duração da micropigmentação e possibilidade de haver uma leve dor.

  • Explique os cuidados pós-micropigmentação

Para aumentar a durabilidade do procedimento e manter a boa aparência, é fundamental explicar para as clientes que o pós-micropigmentação requer alguns cuidados. Explique a importância da hidratação na sobrancelha, e deve evitar a exposição aos raios solares nos primeiros dias, após usar o protetor solar para se ter uma melhor cicatrização e uma melhor durabilidade.

E então, gostou das dicas dadas nesse post? Depois de tudo que foi dito até aqui, está convicto de que deseja trabalhar como micropigmentador? Então não perca tempo e vá em busca do seu sonho o quanto antes, afinal de contas o sucesso do seu futuro depende disso!